7 FATOS ASSUSTADORES QUE VOCÊ TALVEZ NÃO SAIBA SOBRE O ESPERMA




Descobertas em 1677, essas células foram objetos de estudo dos cientistas por vários séculos, e até hoje rendem uma série de fatos e curiosidade incríveis, como essas:









1. Eles são influenciados pela dieta


Diversas pesquisas mostraram que alguns nutrientes ajudam a manter a qualidade e quantidade do esperma. Um desses nutrientes é o ácido docosa-hexaenóico (DHA), um ácido graxo do tipo ômega-3, que pode ser encontrado em peixes. Os cientistas demonstraram que esse ácido pode transformar células lentas e de cabeças arredondadas em mais ágeis e capazes de perfurar óvulos.

Outro nutriente que ajuda nisso é a vitamina C. Um estudo com homens de mais de 44 anos revelou que os que tinham uma dieta rica em vitamina C tinham 20% menos danos em seus espermatozoides. A vitamina E, zinco e flato têm efeitos semelhantes, mas menores.

2. Aparência


Na escola, você deve ter aprendido que que os espermatozoides possuem uma aparência comum, com uma cabeça oval e uma espécie de cauda. No entanto, nem sempre eles mantém um padrão. De fato, somente 1/3 da quantidade total de espermatozoides criados por um homem apresenta a aparência que estamos familiarizados.

O restante é bem diferente, podendo apresentar duas cabeças, caudas pequenas e/ou defeitos no corpo. O que causa essas deformações ainda é desconhecido.

3. Outros animais


Embora os humanos possam ter células reprodutivas incomuns, elas não as mais estranhas da natureza – algumas espécies se superam. Uma delas é o besouro, cujos espermatozoides andam em pares ou grupos de até 100 células, em vez de fazer a viagem sozinho. 99,9% do esperma das toupeiras, por exemplo, não é capaz de “nadar”.

4. Descoberta


Os espermatozoides foram descobertos por Antony van Leeuwenhoek em 1677, acidentalmente. Ele tinha um fascínio muito grande pelo mundo microscópico (e de fato foi de suma importância para a descoberta de microrganismos e o desenvolvimento de microscópios), e decidiu estudar seu próprio esperma em um de seus equipamentos. Então ele registrou "minúsculos seres que andavam como enguias".

5. Fertilização


Embora essas células tenham sido descobertas em 1677, o processo de fertilização só foi compreendido em 1879. Até então, acreditava-se que as pessoas vinham pré-formadas em miniaturas dentro do próprio espermatozoide, e cresciam no útero. Alguns pesquisadores até alegavam que a cabeça dos espermatozoides continha minúsculos humanoides.

6. Eles têm ajuda


Embora sejam bons nadadores, espermatozoides não atingiriam seu objetivo sem a ajuda da progesterona, um hormônio feminino que estimula o nado dessas células em direção ao óvulo, como um ímã atraindo uma moeda. Essa comunicação é possível por causa de uma proteína chamada catsper, localizada nos espermatozoides.







7. Voz


Embora mulheres tendem a se sentir mais atraídas por homens com vozes grossas, estudos têm mostrado que esses homens possuem uma menor concentração de espermatozoides. Isso acontece por que esse tipo de voz está relacionado aos altos níveis de testosterona, hormônio que pode ser prejudicial à criação do esperma. Será? (Fonte)

E aí, o que você achou desses fatos?

Fonte: www.misteriosdomundo.org
7 FATOS ASSUSTADORES QUE VOCÊ TALVEZ NÃO SAIBA SOBRE O ESPERMA 7 FATOS ASSUSTADORES QUE VOCÊ TALVEZ NÃO SAIBA SOBRE O ESPERMA Reviewed by Túnel Nerd on 7/08/2016 04:14:00 PM Rating: 5

Gosta de testes?

http://picasion.com/