5 DIETAS BIZARRAS QUE VOCÊ JAMAIS DEVE FAZER


Algumas pessoas estão dispostas a quase tudo para perder peso. O problema surge quando estas formas insanas de emagrecer são tão perigosas quanto ultrajantes —nenhuma das dietas presentes aqui receberia a aprovação de um médico qualificado. Em outras palavras, não tente fazê-las sob nenhuma hipótese.








Em vez disso, sugerimos que você mantenha a combinação amplamente conhecida de exercícios físicos regulares e uma dieta balanceada para conseguir perder peso – e não recuperá-lo – de forma saudável.

1. Dieta da tênia


Em 2013 uma mulher de Iowa, nos Estados Unidos, fez com que uma médica emitisse um alerta de saúde pública após confessar que havia comprado uma tênia na Internet e ingerido o verme para perder peso. A tênia, cujo nome científico é Taenia saginata, pode chegar ao impressionante tamanho de 9 metros dentro do seu corpo segundo a Dra. Patricia Quinlisk, diretora médica do Departamento de Saúde Pública de Iowa.

Ela divulgou o alerta em seu semanal para funcionários de saúde pública após a mulher ter buscado tratamento para seu caso. A tênia tem ganchos na cabeça e os usa para se prender ao intestino e começar a crescer. Ela provoca a perda de peso através de uma infecção chamada teníase.


“A tênia vai fazer você perder peso porque ela é um verme enorme no seu intestino, que come a sua comida,” disse Quinlisk. Além da perda de peso, os sintomas da infecção incluem dor abdominal, estômago irritado, e até a morte. “O sinal mais visível de teníase é a passagem ativa de proglotes (partes da tênia) pelo ânus e nas fezes,” conforme explica o site do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

“Em casos raros, os segmentos da tênia podem se alojar no apêndice, ou na bile e nos dutos pancreáticos.” Medicamentos contra vermes fazem com que os músculos do corpo da tênia se contraiam até a sua morte, permitindo que ela passe pelo corpo sem causar danos ao organismo. “Eu não consigo imaginar alguém fazendo isso de propósito,” disse Quinlisk.

2. Mandíbula "costurada"


Dois anos atrás uma mulher publicou no BabyCenter.com ;que havia “costurado” sua mandíbula para perder peso. A mãe de seis filhos, que era responsável por uma creche, disse que estava “com nojo” do que via no espelho, pois estava acima do peso e era preguiçosa demais para se exercitar. Ela foi a um dentista que colocou aparelho fixo em seus dentes e uniu os de cima com os de baixo, fazendo com que fosse impossível abrir a boca. Com isso, sua única opção era consumir líquidos.

Espectadores do reality show da MTV ‘The Real World’ podem se lembrar de quando uma das personagens, Tami, costurou a mandíbula para perder peso. O ortodontista norte-americano Ted Rothstein cobra U$ 2.785 (cerca de R$ 9,2 mil) pelo procedimento.

Possíveis efeitos colaterais incluem ataques de pânico após ter a boca fechada e fala comprometida. O site de Rothstein ressalta também que durante episódios de vômito, como a boca está fechada, o conteúdo a ser expelido pode chegar às vias respiratórias e causar uma condição muito séria que requer atendimento médico imediato.


Na mesma linha, embora menos extremo, está um produto removível presente no mercado chamado Smart Byte — SMART é a sigla para o nome em inglês que corresponde a Terapia de Restrição Alimentar Monitorada por Sensor. Semelhante a um aparelho móvel, a peça aprovada pelo Departamento de Saúde do Canadá deve ser usada durante as refeições. Ela faz com que engolir seja mais difícil, e força o usuário a mastigar mais os alimentos.

3. Adesivo para língua


Esta abordagem envolve ter um adesivo de plástico costurado à língua por um mês. Assim, os pontos pressionam o céu da boca e fazem com que ingerir alimentos sólidos seja doloroso e difícil, praticamente impossível. Então, novamente, estamos falando de uma dieta de líquidos.

Um cirurgião plástico nos Estados Unidos chamado Paul Chugay cobra U$ 2 mil (R$ 6,6 mil) pelo que ele mesmo chama de adesivo “milagroso”. Segundo ele, os únicos efeitos colaterais potenciais são dificuldade de engolir e de falar durante as primeiras 48 horas após a cirurgia.

Chugay afirmou em um artigo publicado na revista American Journal of Cosmetic Surgery em 2014 que “embora o adesivo ajude os pacientes a perderem peso inicialmente, seu efeito não irá perdurar após a sua remoção.” Assim como no caso de outras técnicas bizarras para emagrecer, ele ressalta que “pacientes que não fizerem mudanças alimentares e que se recusarem a praticar atividade física cardiovascular estão condenados a ganhar o peso perdido novamente.”

4. Ingestão excessiva de laxantes


O pensamento principal é: se os laxantes nos fazem esvaziar os intestinos, por que não tomá-los frequentemente para forçar a comida para fora do corpo de maneira regular? Na realidade, trata-se de uma péssima ideia. O “abuso de laxantes,” conforme classificado pela Associação Nacional de Distúrbios Alimentares dos Estados Unidos, pode levar a efeitos colaterais sérios. Eles incluem desidratação severa, “dependência de laxantes,” quando o cólon pede doses cada vez maiores de medicamentos para produzir movimentos intestinais, e dano ao fígado. O uso crônico de laxantes também pode aumentar o risco de câncer colo-retal.

5. Xarope de ipeca


Amplamente conhecido na indústria da moda, este xarope induz o vômito e foi criado para casos de envenenamento acidental. O uso incorreto dele pode causar envenenamento, danos ao coração e até a morte, de acordo com o WebMD. Os sinais de um envenenamento incluem dificuldade de respirar, problemas digestivos, batimentos cardíacos anormais, sangue na urina, convulsões, choque e coma.

Fonte: www.br.vida-estilo.yahoo.com

5 DIETAS BIZARRAS QUE VOCÊ JAMAIS DEVE FAZER 5 DIETAS BIZARRAS QUE VOCÊ JAMAIS DEVE FAZER Reviewed by Túnel Nerd on 9/15/2016 10:38:00 AM Rating: 5

Gosta de testes?

http://picasion.com/