ELA FOI LEVADA PELO MÉDICO PARA CASA. UM ANO DEPOIS, SEUS PAIS NEM ACREDITAM


Uma garotinha chamada Zubaida Hasan vivia com a família em uma pequena vila no Afeganistão. Com apenas 9 anos, ela sofreu uma acidente que mudou sua vida para sempre.


Publicidade


Zubaida sofreu queimaduras em todo o corpo, a maior parte em seu rosto e peito. Seu estado era grave, parte do seu rosto literalmente derreteu e se colou ao seu peito. Seus pais a levaram a todos os hospitais, mas os médicos diziam não poder fazer nada por ela.


Então, um um ano após o acidente, o pai de Zubaida decidiu levá-la até a Base Militar dos Estados Unidos. A garota sofria muitas dores e não conseguia comer ou dormir, já que seus olhos e boca não podiam se fechar.


A base entrou em contato com um renomado cirurgião plástico de Los Angeles chamado Peter Grossman, que era especialista em vítimas de queimaduras. Zubaida foi até os Estados Unidos com o pai para encontrar Grossman, que estimou um tratamento de três anos para o caso de Zubaida.



Publicidade


Depois de várias cirurgias, as cicatrizes se transformaram, e o rosto da garotinha começou a surgir. Grossman se apegou à menina, quando o pai de Zubaida voltou para o Afeganistão, o médico e sua esposa decidiram ficar com ela enquanto ela estava em tratamento.


Zubaida aprendeu inglês e logo começou a chamar os Grossmans de papai e mamãe, então dizer adeus foi difícil, mas eles sabiam que ela tinha que voltar para casa.


O Dr. Grossman nunca esqueceu de Zubaida. "Se eu souber que você se casou aos 13 anos, eu vou te dar um chute no traseiro." - Disse Grossman em tom de brincadeira garota.

Zubaida e sua família serão sempre gratos ao médico.


Publicidade


Créditos: Não Acredito