FÁCIL DE SER PEGA! AMEBA PODE DEVORAR SEU CÉREBRO E TE MATAR EM 12 DIAS




Se você é hipocondríaco, considere não ler este artigo. 

Conheça agora a ameba devoradora de cérebros que preocupa os órgãos de saúde e pode ser facilmente encontrada em piscinas, rios e até na caixa d’água da sua casa.
Ao que tudo indica, epidemias apocalípticas e microorganismos mortais já não são exclusividade da ficção científica. Pesquisadores descobriram uma ameba cuja fama de “devoradora de cérebros” tem deixado os órgãos de saúde pública em estado de alerta.



Publicidade


Publicidade




O protozoário é capaz de matar uma pessoa em até 12 dias. E não, essa bactéria não vem de outro planeta — tampouco foi criada em laboratório por algum cientista maluco —, mas pode ser encontrada em piscinas, rios e até na caixa d’água da sua casa.
Embora tenham sido registrados até o momento apenas 133 casos de infecção pela Naegleria fowleri, o que, convenhamos, é um número pequeno em meio à população mundial, só 3 pessoas sobreviveram à famigerada ameba — um índice de letalidade de 97%. Só nos EUA, foram 7 vítimas. Em toda a América, 32 pessoas foram infectadas.
Os registros de casos envolvendo a Naegleria vêm aumentando, diga-se de passagem, graças ao aquecimento global, que tem elevado gradualmente as temperaturas dos oceanos, tornando o meio aquático mais propício à reprodução desse microorganismo.
Responsável pela MAP (Meningoencefalite Amebiana Primária), a Naegleria fowleri não é exatamente uma novata, uma vez que ela existe há mais de 1,2 bilhão de anos na natureza. Há várias espécies dessa bactéria, mas apenas a fowleri é responsável pela MAP.
Ela invade o corpo humano pelo nariz, após a aspiração de poeira ou de água contaminada, e através dos nervos olfativos é conduzida até a chamada membrana aracnoide, por meio da qual ela se espalha pelo Sistema Nervoso Central. Essa é a única maneira conhecida até agora pela qual o protozoário é contraído, haja vista que ele não sobrevive no estômago humano.
Os sintomas, que aparecem por volta do quinto dia após a exposição, incluem dores de cabeça, náuseas, alterações de paladar e cheiro, vômitos, chegando, em alguns casos, a convulsões, ataxia (perda da coordenação muscular) e até alucinações — ao que se segue o coma e, posteriormente, o óbito.

Vale dizer que a maioria dos diagnósticos dessa doença é realizada após a morte do paciente. Embora a fama da Naegleria leve a crer que se alimente de tecido cerebral, trata-se de uma informação imprecisa. O que acontece, na verdade, é que a ameba causa danos irreversíveis ao cérebro à medida que a infecção avança.
Atualmente, o maior desafio dos epidemiologistas é avançar no tratamento da doença o mais rápido possível, para que, uma vez diagnosticada, seja possível frear a infecção. No Brasil, ainda faltam estudos aprofundados sobre a Naegleria fowleri, mas a divulgação de casos relacionados mundo afora, sobretudo nos EUA, tem contribuído para aumentar a consciência da comunidade médica e da população sobre os perigos representados por esse microorganismo.

Ainda que a incidência ínfima dessa doença aplaque o temor dos frequentadores de praias e rios, cientistas correm contra o tempo para encontrar um tratamento. Até lá, nada de alarmismo. Protetores de nariz, como aqueles usados por nadadores profissionais, ajudam a impedir a aspiração de água, seja ela contaminada ou não.


Fonte: www.yahoo.com.br 



Publicidade

Veja também

FÁCIL DE SER PEGA! AMEBA PODE DEVORAR SEU CÉREBRO E TE MATAR EM 12 DIAS FÁCIL DE SER PEGA! AMEBA PODE DEVORAR SEU CÉREBRO E TE MATAR EM 12 DIAS Reviewed by Allyson Souza on 4/04/2017 09:22:00 AM Rating: 5

Gosta de testes?

http://picasion.com/